A figura de o animal gordo ser associado à saúde é coisa do passado. Existe uma estimativa que aproximadamente 30% dos cães e 25% dos gatos sejam obesos. O motivo?! Má alimentação, sedentarismo e predisposição genética. Quais os risco?! Problema respiratório, cardiovascular, hérnia, predispõe a dores nas articulações, reumatismo e ainda problemas na coluna vertebral podendo levar a complicações no aparelho locomotor.

O sobre peso do animal pode ser causado pela superalimentação, causada por alimentos de alto teor de gordura e carboidrato e/ou também pode ser uma disfunção hormonal, estresse por carência de atenção ou por ficar muito tempo sozinho, dentre outros.

O primeiro passo é o dono ter a consciência de que o problema é sério e o animal precisa de cuidados. O segundo é entender que existem diversos tipos de ração, cada uma com um teor nutricional diferente, adequado a uma fase de vida de cada animal.

Mudança de Hábitos

A mudança de hábitos não necessariamente é apenas do animal. É importante que o dono também mude, uma vez que o animal não come guloseimas por conta própria e precisam de seus donos para se alimentar. O dono precisa ter consciência! Exercícios são indispensáveis e que tal uma boa caminhada pra começar?! Nada de guloseimas e restos de comida.

Vale lembrar que a orientação do médico veterinário é fundamental para que o seu amiguinho tenha uma saúde equilibrada e saudável com uma dieta ideal e balanceada.


Deixe uma resposta