A Rinotraqueíte Felina é uma doença que atinge tanto gatos domésticos quanto selvagens e é do trato respiratório superior, causada pelo herpesvirus felino (HVD-1). Essa doença é mais frequente que se possa imaginar, raramente é fatal e é muito similar ao resfriado em seres humanos.

A via de entrada do vírus é mucosa oronasal e ocular. Os principais sintomas são muito parecidos com uma gripe, espirros, perda de apetite, irritação nos olhos, descarga nasal serosa ou purulenta, salivação, porém raramente com tosse e dispneia. Em casos muito raros e graves pode se desenvolver uma broncopneumonia. Se seu amiguinho tem esses sintomas procure um médico veterinário.

Como o gato perde o apetite e deixa de comer o mais viável é leva-lo o mais rápido para o médico veterinário para que ele possa receber alimentação adequada, fazer exames e ser medicado devidamente.

O diagnóstico é fácil e na maioria das vezes sintomáticos. Porém, em casos mais crônicos convém realização de culturas fúngicas e bacterianas das secreções. Uma vez detectado a Rinotraqueíte felina o veterinário seguirá com o tratamento mais adequado. Porém, a melhor forma de prevenir ainda é a vacinação, a vermifugação e a quarentena para os animais recém-adquiridos. Afinal, não queremos nunca ver nossos amiguinhos doentes e sofrendo.


Deixe uma resposta