Envelhecer faz parte da vida até dos animais e com o tempo chegam também os problemas. A artrose é exemplo disso e consiste na inflamação crônica das articulações. Essa doença além de ser doloroso para o cão o impossibilita de andar normalmente.

Dor à palpação da articulação, dificuldade em subir ou descer escadas, forma de andar diferente do habitual são os sintomas mais frequentes. A origem da artrose se dá pela chegada da velhice no qual a regeneração da cartilagem e a sua resistência ao desgaste é menor. A diminuição do tônus muscular também pode contribuir para a instabilidade da articulação.

Os cães de grande porte são os que mais sofrem com essas doenças por ter um peso maior exigindo mais das articulações. Sendo ombro, joelho, quadril e cotovelos as partes mais afetadas.

O diagnostico é feito com base no exame clínico, anamnese (histórico do animal) e radiografias. Já o tratamento é feito com antiinflamatórios, analgésicos e regeneradores articular, podendo ter o auxílio da acupuntura e fisioterapia. Então, se seu amiguinho apresenta alguns dos sintomas descritos acima busque orientação médica.

A prevenção é sempre essencial na velhice, evitar sobre peso, pisos lisos e escorregadios principalmente para animais de grande porte e pesados, cuidar da alimentação e procurar um veterinário para um acompanhamento periódico do seu cão após os sete anos de idade.


Deixe uma resposta