Também conhecida como a febre do papagaio e psitacose ornitose, a Clamidiose é uma doença ocasionada por bactérias no qual as aves são extremamente sensíveis. As Clamídias parasitas intracelulares conhecidos também como parasitas de energia, porque usam ATPs produzidos pela célula hospedeira.

A transmissão de um hospedeiro para o outro se dá através do ar. A bactéria é eliminada pela região nasal e ocular ou secreções, fezes e poeira de pena do animal infectado.  O organismo permanece notavelmente estável fora do corpo do hospedeiro e seca como uma substância poeirenta. Essa poeira ou aerossóis contaminam o ar que depois é inalado por outros indivíduos de outras espécies. Uma série de casos confirmaram a transmissão do organismo Chlamydia de aves para humanos, embora a infecção psitacose em seres humanos seja rara.

Aves jovens podem apresentar sinais clínicos como plumagem áspera, baixa temperatura corporal, tremores, letargia, conjuntivite, dispnéia, emagrecimento, sinusite, a fezes amarelo-esverdeadas ou acinzentadas, fezes aquosas também podem ser exibidas. Aves adultas podem desenvolver sintomas como tremores, letargia, penas eriçadas, perda de peso progressiva, diarréia esverdeada, conjuntivites ocasionais, e altos níveis de uratos nas fezes.  As aves infectadas com clamídia podem desenvolver um ou vários destes sintomas quando a doença progride.

O tratamento se dá com instrução do médico veterinário e somente ele está capacitado a medicar um animal infectado. Porém, podemos evitar que nossos bichos de estimação fiquem doentes fazendo a higiene do local, coletando diariamente as fezes dos animais. Ambientes não lotados e bem ventilados são importantes para evitar a disseminação da bactéria. E lembrando que uma alimentação de qualidade é primordial para que seu amigo seja forte e saudável.


Deixe uma resposta